Home / PF deflagra segunda fase da Operação Rota BR 090

PF deflagra segunda fase da Operação Rota BR 090

PF deflagra segunda fase da Operação Rota BR 090

PF deflagra segunda fase da Operação Rota BR 090

Momento SINPEF/MG / Belo Horizonte, 16 de Março de 2020

Operação Cabra Cega apura desvio de recursos públicos em contratos de manutenção de rodovias federais em MG

 

 

Belo Horizonte - A Polícia Federal deflagrou nesta segunda-feira (16/3) a 2ª Fase da Operação Rota BR 090, denominada Cabra Cega. O objetivo é acabar com os desvios de recursos públicos, causados pela falta de supervisão aos contratos de obras de manutenção das rodovias federais no Estado de Minas Gerais. Os trabalhos são realizados em parceria com a Controladoria-Geral da União (CGU) e o Ministério Público Federal (MPF).

A ação de hoje conta com a participação de 40 policiais federais e 2 auditores da CGU, para o cumprimento de seis mandados de busca e apreensão e de um mandado de prisão temporária, nos municípios de Belo Horizonte/MG, Oliveira/MG e Brasília/DF.

Durante as investigações realizadas na Operação Rota BR 090, a Polícia Federal e a CGU apuraram indícios de omissão de fiscalização, superfaturamento e desvio de funcionários para atenderem interesses particulares do Chefe da Unidade Local do DNIT, em Oliveira/MG.

Desde 2013, o DNIT celebrou contratos com a empresa envolvida no total de R$ 264 milhões. Estima-se que a mesma é responsável pela supervisão de contratos que totalizam R$ 3.313 bilhões.

Os investigados poderão responder por corrupção ativa, corrupção passiva, peculato e organização criminosa, além das sanções previstas nas leis nº 8.666/93 e 12.846/13. As penas cominadas pelas práticas delituosas podem chegar a 40 anos de prisão.

Foi aberto, pela Polícia Federal, um canal de denúncias por meio do e-mail rota090.delecor.mg@dpf.gov.br.

Fonte: POLICIA FEDERAL


COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA


GALERIA DE FOTOS
GALERIA DE FOTOS