Sindicato dos Policiais Federais no Estado de Minas Gerais
Av. Raja Gabaglia, 1000 - Sl 201
Cep: 30441-070
Belo Horizonte - MG
(31) 3292.3297
 

01/03/2017

Cinco deputados federais poderão ser eleitos por policiais no ano que vem

Visualizações: 202

A Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) pretende aumentar a bancada que faz parte da segurança no Congresso Nacional. Recentemente, o presidente da Federação Luís Boudens, concedeu uma entrevista na qual disse que a bancada no Congresso já possui 21 ocupantes, entre vereadores e prefeitos, e que a meta agora é eleger mais cinco pessoas para ocupar cargos parlamentares até o ano que vem.

 

A Federação pretende, com esta medida, ampliar os conhecimentos a respeito de segurança no Congresso Nacional e fazer com que todos os atuantes sejam devidamente bem atendidos e recebidos, dentro dos parâmetros oferecidos. Para Boudens, a Operação Lava-Jato surpreendeu muito os brasileiros, a ponto de afetar o comportamento da população em relação às investigações, e isso trouxe oportunidades de mudanças para o cenário da política brasileira e facilitou a aproximação da Operação com o Poder Judiciário e o Ministério Público.

 

Infelizmente ainda há muita burocracia em torno de inquéritos do Código de Processo Civil (CPP), os quais acabam sendo uma determinação judiciária, por isso, travam uma guerra contra delegados da Polícia Federal em relação às mudanças promovidas pela Federação. O motivo principal dessa guerra é devido à privatização de investigações por parte da Polícia Federal, as quais sempre dependeram de processos hierárquicos para cumprir a demanda dentro de medidas judiciais.

 

Por este e outros motivos, seria de extrema importância a presença de parlamentares na bancada da Fenapef para realizar todos os procedimentos legalmente. O foco do trabalho não é desconsiderar cargos já existentes, e sim agregar e reestruturar a atuação da Polícia Federal em investigações de grande porte e dentro do Congresso.

 

Por fim, Boudens encerrou a entrevista dizendo que o ano de 2016 fechou com um número menor de crimes e furtos e que, de agora em diante, haverá uma organização maior para promover investigações mais apuradas e consistentes dentro da Polícia Federal. Além disso, nos próximos meses haverá uma audiência para analisar o Projeto de Lei 8.045/2010, o qual prevê alterações no Código de Processo Civil, e que foi reivindicado por Aluísio Mendes, atual deputado do PTN/MA.

 

 

Fonte: Blasting News


Nome
Cidade
E-mail (não será divulgado)
Mensagem
Caracteres restantes:
Digite o código abaixo
 
 
 
Wall03